Mágoa sem acento prosódico

Captura de Tela 2018-08-28 às 16.42.17

 

Ontem fui dormir e a mágoa veio falar comigo. Veio no formato de mácula. Uma nódoa escura, tipo graxa com areia e sangue pisado. Tava magoadinha, coitada. Cheia de razão.

Mas não dei muita bola para ela era não.

Mágoa é uma desgrama para o coração, para o fígado, para o pâncreas e para o pulmão.

Amargura, amargura, amargura. Amargura tanto, que tudo fica com gosto de fel misturado com angustura, aquele bitter que antigamente usava-se para fazer coquetel.

A mágoa com cara de nódoa escura, contrariada, partiu. Voltou de madrugada. Pegou carona em uma crise de falta de ar.

O ar era tão pouco que nem ouvi o que ela sibilava

Provavelmente era: “tá vendo a sua tristeza”.

Dei de ombros e encontrei a bombinha salvadora.

Puf, puf, puf, puf, puf

O ar voltou e a mágoa correu. A asma dormiu.

Não demorou muito e o despertador tocou. Lembrei do encontro com a danada na madrugada. Tomei café pensando na mágoa. Caminhei pensando na mágoa. Pedalei pensando na mágoa. Qual é o plano B para mágoa? Não achei. Na dúvida, decidi escrever sobre ela. Fazê-la de sentimento palavra. Funcionou.

A mágoa amarrada na frase, sílaba fica.

Sílaba tônica. Sílaba átona. Sem acento prosódico.

Só sílaba. Bem fraquinha. Tadinha.

Anúncios

10 comentários sobre “Mágoa sem acento prosódico

  1. Uma vez li que sentir mágoa, se ressentir, é como tomar um veneno esperando que outra pessoa morra. Guardei isso comigo e tento repetir isso como um mantra toda vez que a danada tenta me cercar!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s